Sim à Vida arrasta multidão de fiéis na orla de Boa Viagem

0
149

Hinos tradicionais, balada católica, louvores, momentos de oração…A 11ª. edição da caminhada Sim à Vida, realizada pela Arquidiocese de Olinda e Recife e pela Comissão Arquidiocesana para a Vida e a Família na manhã deste domingo, 15/10, reuniu milhares de fiéis na orla da praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Incentivada pelo arcebispo de Recife e Olinda, dom Fernando Saburido, a caminhada busca defender todas as formas de vida.

Em cima do trio elétrico do vicariato Cabo e Vitória, o arcebispo metropolitano dom Fernando Saburido saudou a multidão de fiéis, agradeceu a presença e participação de todos e fez uma prece iniciando a caminhada. As palavras de dom Fernando expressaram a preocupação da Igreja Católica com a família, que é considerada uma instituição divina. “Entendemos que a ideologia de gênero precisa ser combatida, pois provoca confusão na cabeça das crianças”, alertou dom Fernando. Acompanhado do padre Damião Silva, do bispo auxiliar dom Antônio Tourinho Neto e do vigário geral da Arquidiocese, dom frei Severino de França, o arcebispo explicou porque a arquidiocese é contrária à redução da maioridade penal e a tortura nas prisões.

 

Representantes das pastorais arquidiocesanas, das paróquias, dos movimentos e das comunidades que compõem a Arquidiocese de Olinda e Recife fizeram ecoar o seu “Sim à Vida”. A paroquiana da paróquia do Rosário, Pina, Amara dos Santos, de 84 anos, integrante do Apostolado da Oração, veio prestigiar o Sim à Vida, como faz desde a primeira edição do evento: “É importante os católicos saírem de dentro do conforto dos templos e darem seu testemunho de vida e conversão”, ensina Amara.

Mostrando que no Sim à Vida há espaço para todas as tendências e gerações, no trio elétrico dos vicariatos Cabo e Vitória, o padre Damião Silva apresentou o DJ católico Roony Moura, que fez o público pular empolgado com sua performance de louvores em estilo eletrônico. No chão da avenida, o bispo auxiliar, dom Antônio Tourinho Neto, seguiu cumprimentando e abençoando os fiéis, até o final do percurso da caminhada. No alto dos prédios da orla era possível ver famílias acenando para a caminhada e mostrando imagens de Nossa Senhora e terços marianos. Ao todo, a caminhada contou com a animação de quatro trios elétricos, divididos por dois vicariatos arquidiocesanos, cada, animados por padre Rosivaldo Torres, Comunidade Boa Nova e Chiquinho de Jesus.

Neste ano, o evento pediu aos participantes, como gesto concreto, a doação de fraldas geriátricas e de material de higiene e limpeza, que serão doados a abrigos de idosos dos oito vicariatos arquidiocesanos. Os organizadores do evento constataram, no entanto, que o número de donativos arrecadados infelizmente foi abaixo do esperado. Para ampliar a coleta de donativos, aqueles que quiserem contribuir, podem deixar doações até a sexta-feira (20/10), na Cúria Metropolitana (Arquidiocese – Av. Rui Barbosa, 409, Graças, Recife).