Arquidiocese de Maceió lança logo comemorativa do seu centenário

0
345

*Por Marcos Filipe – Comunicação da Arquidiocese de Maceió

 

Durante a XVIII Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, 14 e 15 de novembro, foi lançada a logo comemorativa do Centenário da Arquidiocese de Maceió. Criada pelo seminarista Lucas Gabriel e Maria Cícera, da Pastoral da Comunicação, traz os elementos naturais e os símbolos da fé do povo maceioense.

O selo traz a Cruz Arquiepiscopal simbolizando o primado de honra do arcebispo metropolitano sobre toda a província eclesiástica. Recorda a ligação do metropolita com o Santo Padre e seu poder de pastor que rege e comanda a Arquidiocese.

Junto o número 100 que mostra os anos que a Igreja caminha como Arquidiocese e nesta ótica foi optado por colocar os símbolos, que visivelmente representam a Arquidiocese e sua ação evangelizadora, dentro do numeral e próximo a ele: a Catedral Metropolitana, a Igreja-Mãe, templo em que se encontra a sede do arcebispo.

O “M” de Maria, a Padroeira da Arquidiocese, Mãe e Senhora dos Prazeres, a quem os filhos e filhas de Deus recorrem pedindo proteção e amparo em todos os momentos. Mãe zelosa e amorosa que do alto de seu nicho olha com amor para o povo de Deus e confirma sua presença materna na Cidade de Maceió e em todo o território arquidiocesano.

O território arquidiocesano é banhado pelo Oceano Atlântico, desde o litoral Norte, passando pela Capital, e região Sul, além das áreas banhadas pelas Lagoas Mundaú e Manguaba e rios que nela desaguam. Tudo isso representada pelas águas. O coqueiro junto representa a Cidade de Maceió, onde está localizado a Sede da Igreja arquidiocesana.

As três estrelas no centro, representam as dioceses sufragâneas de Penedo e Palmeira dos Índios, que junto à Arquidiocese de Maceió formam a Província Eclesiástica de Alagoas.

A logo ainda traz o elemento artístico nas cores amarelo (gradiente) e branco representam o impulso do Espírito Santo que rege a Igreja. Representa também, os três pilares da Arquidiocese na ação evangelizadora: Orante, Samaritana e Missionária.

Junto de tudo está o lema para o triênio de preparação: “Uma Igreja em saída rumo ao Centenário”. Lema escolhido pelo sr. Arcebispo e o Conselho Arquidiocesano de Pastoral, que será usado como referência nos anos de 2018 a 2020 no território arquidiocesano.

E as datas fazem menção ao Decreto do Papa Bento XV, em 13 de fevereiro de 1920, elevando a Diocese de Maceió à Arquidiocese de Maceió e 2020, ao ano centenário, onde será o ápice das celebrações, que acontecem a partir de 2017 em toda Igreja Arquidiocesana.