Thales Figueiredo é ordenado diácono transitório

0
99

 

A paróquia de Nossa Senhora Rainha da Paz, matriz de Pontezinha, está em festa pela ordenação diaconal de Thales Figueiredo. Na noite de 25/01, festa litúrgica da conversão de São Paulo Apóstolo, o seminarista Thales Figueiredo da Silva, foi admitidos à Ordem dos diáconos pela imposição das mãos de dom Fernando Saburido, arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife.

A ordenação de Thales foi carinhosamente organizada pelos paroquianos, amigos, familiares e pelo administrador paroquial de Pontezinha, padre Gilson José Batista dos Santos, que juntos se mobilizaram para fazer deste dia um momento marcante. A igreja estava lotada de fiéis, com um telão instalado no pátio externo do templo. O clero arquidiocesano se fez presente, inclusive os párocos das paróquias onde a vocação de Thales brotou e incluindo os seus ex-colegas de seminário, recém-ordenados sacerdotes em dezembro último. “Estou no meio de vós, como aquele que vos serve” (Lc 22,27). Este foi o lema diaconal escolhido pelo diácono transitório. Diácono transitório é aquele que está se preparando para o sacerdócio, para se tornar padre.

Como prevê o rito de ordenação diaconal, o Reitor do Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora da Graça e responsável pela formação do seminarista, padre João Bosco Costa Lima, apresentou à assembleia Thales Figueiredo. Após presidir a solenidade, dom Fernando Saburido entregou ao novo diácono a estola diaconal e a dalmática, dizendo as seguintes palavras: “Filho Caríssimo, recebes a estola diaconal, símbolo de tua missão como anunciante do evangelho. Revestes, pois, também, da dalmática sendo a ti símbolo de teu ministério e do espírito santo que hoje te constitui diácono da Santa Igreja.”

Em seguida, aconteceu a vestição, quando Thales recebeu a ajuda de monsenhor Romeu da Fonte, para revestir-se das vestes próprias de diácono. O novo diácono foi convidado pelo arcebispo a se ajoelhar e recebeu o Evangeliário. Toda a assembleia aplaudiu o neo-diácono transitório e a celebração da Santa Missa prosseguiu, com Thales servindo no presbitério.

 

Em sua homilia, dom Fernando fez alusão à conversão de São Paulo Apóstolo, um santo um pouco esquecido pela Igreja. O arcebispo metropolitano destacou que, assim como São Paulo Apóstolo, o diácono transitório Thales atendeu ao chamado de Deus e se colocou a serviço do Senhor. “Hoje Thales está sendo ordenado diácono temporário para estar a serviço do altar e precisa do apoio da comunidade paroquial para exercer este ministério”, concluiu dom Fernando.

Antes da bênção final da celebração eucarística, foram lidos para a assembleia o certificado de ordenação diaconal e a provisão de uso de ordem, onde consta que Thales vai exercer o seu ministério diaconal na paróquia de São Paulo Apóstolo, no bairro de Jardim São Paulo, Recife. A ordenação presbiteral está agendada para o dia 1° de julho, na basílica de Nossa Senhora do Carmo, no centro do Recife, tendo dom Fernando Saburido como presidente da solenidade.

 

 

(Pascom Arquidiocese)

LEAVE A REPLY