“Caminhada Penitencial” reúne 40 mil fiéis em Campina Grande (PB)

0

Campina Grande – Paraíba (Terça-feira, 04-04-2017, Gaudium Press) Um “mar de gente de fé”. Foi assim que Dom Manoel Delson, último bispo de Campina Grande e Arcebispo eleito da Arquidiocese da Paraíba, descreveu a “Caminhada Penitencial” na cidade. O evento atraiu cerca de 40 mil fiéis, que percorreram aproximadamente onze quilômetros durante um período de mais de três horas.

Caminhada Penitencial reúne 40 mil fiéis em Campina Grande (PB).jpg

A caminhada tomou conta das avenidas que ligam Campina Grande a Lagoa Seca. Os milhares de fiéis partiram da Catedral de Nossa Senhora da Conceição até o Convento Santo Antônio em Ipuarana.

A 19ª edição do evento, organizada pela Catedral Metropolitana, atraiu pessoas vindas de várias partes da diocese, que participaram do momento que já é considerado uma tradição na Quaresma.

Participando pela última vez do encontro como pastor da Diocese, Dom Manoel Delson declarou: “não há como ficar indiferente à tanta demonstração de fé que encontramos nesta caminhada. É o povo de Deus disposto a alcançar a misericórdia, em peregrinação constante para buscar uma mudança de vida, a conversão”.

As atividades da caminhada tiveram início pela manhã, com Santa Missa presidida pelo Padre Luciano Guedes na Catedral. Em seguida, os fiéis começaram o trajeto com destino ao Convento Ipuarana.

Ao chegarem no local, os devotos receberam uma benção especial concedida por Dom Delson, que aproveitou a oportunidade para despedir-se da população católica de Campina Grande. Sua posse na Arquidiocese da Paraíba está marcada para o próximo dia 20 de maio.

“Vou levar vocês no meu coração e nas minhas orações. Não deixem de rezar por mim também”, pediu o religioso, que posteriormente foi convidado a plantar uma árvore no capo do convento, como gesto simbólico da Campanha da Fraternidade, que este ano refletirá sobre os biomas brasileiros. “Temos a responsabilidade de cultivar e cuidar da criação. Não podemos permitir a matança dos nossos biomas e a degradação do que sobrou. Nossa casa comum é responsabilidade de todos”, ressaltou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Diocese de Campina Grande

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86409#ixzz4dMsxaxBY
Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.
Share.

Leave A Reply