Regional NE 2 discute CF 2017 NA Diocese de Caicó

0

A Diocese de Caicó – RN sediou de 03 a 05 de novembro, no Centro Pastoral Dom Wagner, o Seminário Regional de formação e articulação da Campanha da Fraternidade 2017 em nível do Regional Nordeste II da CNBB que compreende as Dioceses e Arquidioceses dos Estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Alagoas e Paraíba.


O tema da CF para 2017 será “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, tendo como lema “Cultivar e guarda a Criação”, uma citação bíblica do livro dos Gênesis (Gn 2,15). O evento é uma das atividades de preparação para o lançamento oficial da Campanha da Fraternidade 2017, em nível de Regional Nordeste 2 da CNBB, que acontecerá na Diocese de Caicó.
A proposta do Seminário, nestes dias 3 a 5, foi de enfatizar a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que habitam nos diversos biomas, à luz do Evangelho.
O evento teve início na quinta-feira (03) e contou com a presença de representantes de algumas dioceses do Regional, do Secretário da CNBB NE 2, Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena, Bispo de Nazaré da Mata/PE, Do Bispo Diocesano de Caicó, Dom Antonio Carlos Cruz Santos, MSC, que deu as boas-vindas aos presentes; do Assessor da CNNB para a CF 2017, Pe. Nelson. Colaboraram com a reflexão do tema Alexandre Henrique Bezerra Pires – Biólogo, Mestre em Extensão Rural e Desenvolvimento local, que mostrou a Realidade e Perspectiva do Bioma Mata Atlântica, destacando a experiência do Centro de Desenvolvimento
Agroecológico Sabiá que trabalha para promoção da agricultura familiar dentro dos princípios da agroecologia. Do Engenheiro Agrônomo José Procópio de Lucena – Articulador Estadual do Seapac e Presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu, que falou sobre o Bioma Caatinga.
Na Sexta-feira (04) e sábado (05), a assessoria ficou com o Assessor da CNBB para a Campanha da Fraternidade 2017, Pe. Nelson, que ministrou a palestra sobre o texto base, dividido em quatro capítulos, a partir do método ver, julgar e agir.

A Campanha da Fraternidade tem como objetivo o cuidado com a criação e a relação fraterna com a vida e a cultura dos povos. Um olhar sobre os biomas brasileiros quanto as características, potencialidades e as agressões que destroem a fauna, a flora, as pessoas e os ecossistemas.

Share.

Leave A Reply