Quem agradece experimenta a alegria completa, diz Papa na Missa do Jubileu Mariano

0

Cidade do Vaticano , Com a participação de delegações de mais de 40 nações que estiveram em Roma para a realização do Jubileu Mariano e de dezenas de milhares de fiéis e peregrinos que se encontravam na Praça São Pedro, o Papa Francisco presidiu no domingo (09/10) a missa de encerramento deste evento do Ano Jubilar da Misericórdia.

As leituras do dia inspiraram o Santo Padre a convidar a todos a reconhecerem os dons de Deus. Ele recordou que o trecho do Evangelho de São Lucas, narra o episódio dos dez leprosos curados por Jesus, quando, apenas um deles, volta até Jesus e expressa sua gratidão pelo dom da cura que ele recebeu. Lembrou o Papa:

unnamed.jpg

“Como é importante saber agradecer, saber louvar por tudo aquilo que o Senhor faz por nós! Assim podemos perguntar-nos: somos capazes de dizer obrigado? Quantas vezes dizemos obrigado em família, na comunidade, na Igreja? Quantas vezes dizemos obrigado a quem nos ajuda, a quem está ao nosso lado, a quem nos acompanha na vida? Muitas vezes consideramos tudo como se nos fosse devido! “.

Francisco, ensinou que “isto acontece também com Deus… É fácil ir ter com o Senhor para Lhe pedir qualquer coisa, mas voltar para Lhe agradecer…”.

Quem agradece e é humilde tem alegria

E, nesse sentido, o Pontífice indicou o que é oportuno pedir no Jubileu Mariano:
“pedir a Nossa Senhora que nos ajude a entender que tudo é dom de Deus e a saber agradecer: só então a nossa alegria será completa”.

Agradecer é importante, mas a humildade também é importante, afirmou o Papa citando o episódio de Naaman, comandante do exército do rei da Síria, leproso, que para se curar, aceita a sugestão de uma escrava e confia-se aos cuidados do profeta Eliseu, que ele considerava inimigo.

O Profeta manda que ele apenas vá mergulhar na água do rio Jordão. Naaman perplexo e humilde aceita mergulhar no Jordão e, imediatamente, fica curado.

O Jubileu Mariano

O Jubileu Mariano teve início na sexta-feira (07/10).

Nas Igrejas das proximidades do Vaticano, desde então, iniciou-se a realização de adorações e vigílias de oração à Virgem Maria.
94 congregações marianas procedentes de todo o mundo, chegaram ao Vaticano trazendo imagens marianas veneradas em 51 Santuários de 40 países.

Do Brasil, uma delegação trouxe também uma imagem de Nossa Senhora Aparecida e com ela participou da Vigília de sábado (08/10), realizada na Praça São Pedro, com a presença de Francisco o Papa. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/82746#ixzz4MlYDLkSp
Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.

Share.

Leave A Reply