Dom Gabriel fala na Rádio Vaticano sobre a sua “missão continental evangelizadora”

0

Nesta edição e nas próximas, o bispo de Floresta, Dom Gabriel Marchesi, italiano de Incisa Valdarno, Diocese de Fiesole – região da Toscana. Tendo chegado ao Brasil em 2003 como sacerdote “fidei donum”, desde maio de 2013 Dom Gabriel é o bispo desta Igreja particular.

Em sua primeira abordagem neste quadro, ele nos fala da “Missão Continental” como uma bênção de Deus, algo de que se estava mesmo precisando, “porque estamos assistindo a um despertar de muitos cristãos católicos para a vida da Igreja, para a missão da Igreja”, afirma o prelado acrescentando que “não dá para viver a vida de fé sem realizar, ao mesmo tempo, também a missão”.

Dom Gabriel continua suas considerações sobre a missão evangelizadora, e o faz no signo daquele impulso missionário dado pelo Papa Francisco, que nos pede uma Igreja de portas abertas: portas abertas não somente para acolher, mas, sobretudo, para sair ao encontro daquelas realidades de periferias geográficas, sociais e existenciais – como costuma chamar.

Nesse sentido, o bispo de Floresta fala de uma Igreja de portas abertas para ajudar todos os cristãos a serem missionários de Jesus Cristo e a levar a todos, às periferias, aos pequenos, aos humildes, a alegria do encontro com Deus.

Observa que para além do desejo normal de se ver as igrejas repletas de fiéis, o lugar da fé é o mundo. “A evangelização é ajudar os cristãos a serem cristãos fora da Igreja, abastecendo-se, alimentando-se dentro da Igreja, no encontro com Jesus Cristo – no Sacramento – e depois testemunhando e levando ao povo a vida de Deus, que se pode viver em todo lugar, em todo canto”, afirma.

Ele acrescenta que a missão é renovar a vida não somente dentro da Igreja, mas sobretudo fora, e diz acreditar que a nossa missão é “ajudar as pessoas a desejar viver de um jeito diferente, dando o exemplo”.

Ouça os áudios da entrevista concedida pela Rádio Vaticano:

Fonte: Rádio Vaticano – http://br.radiovaticana.va

Share.

Leave A Reply