Arcebispo abre Ano Santo da Misericórdia na Arquidiocese de Olinda e Recife

0

Durante a festividade da Imaculada Conceição, nesta terça-feira, 8, o papa Francisco abriu a Porta Santa da Basílica de São Pedro de Roma. Gesto que será repetido pelo arcebispo de Olinda e Recife, e Presidente da CNBB NE2, dom Fernando Saburido, no domingo, 13, na Igreja Catedral Santíssimo Salvador do Mundo – Sé de Olinda. O ato marca o início do Ano Santo da Misericórdia. O jubileu extraordinário foi convocado pelo pontífice e oficializado através da Bula “Misericordiae Vultus” (O rosto da Misericórdia). O evento celebra também os 50 anos do fim do Concílio Vaticano II.

Em Olinda, o rito de introdução terá início às 9h na Igreja Nossa Senhora da Misericórdia, no Alto da Sé. Logo após, os fiéis seguirão em procissão até a Igreja Catedral. A porta do templo estará fechada e será aberta por dom Fernando ao evocar as palavras do Salmo 118 – Canto de alegria e salvação.

O Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização elaborou o subsídio pastoral “Celebrar a Misericórdia”. De acordo com a diretriz, o ritual de abertura da ‘Porta da Misericórdia’ das Catedrais, templos ou santuários jubilares deverá ser realizado em cinco etapas: statio, caminho processional, abertura da Porta da Misericórdia, a memória do batismo e a celebração eucarística.

O Ano Santo se inicia no dia 8 de dezembro e será concluído no dia 20 de novembro de 2016, na Festa de Cristo Rei. Este é um período especial para que os católicos se convertam e se reconciliem com Deus por meio da penitência, oração, caridade, dos sacramentos e da peregrinação.

Jubileu nos Vicariatos

A arquidiocese estabeleceu, junto com os vigários episcopais, um lugar em cada uma das oito regiões episcopais para que seja celebrado o Ano da Misericórdia. Em cada um desses locais, os fiéis poderão participar da abertura da Porta Santa, viver a graça do jubileu e obter a indulgência.

  • Vicariato Olinda: Igreja Catedral Santíssimo Salvador do Mundo – Olinda
  • Vicariato Igarassu: Convento de Santo Antônio – Igarassu
  • Vicariato Vitória: Basílica Nossa Senhora Auxiliadora – Jaboatão dos Guararapes
  • Vicariato Cabo: Santuário Santo Cristo – Ipojuca
  • Vicariato Recife Norte 1: Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento – Boa Vista – Recife
  • Vicariato Recife Norte 2: Santuário Nossa Senhora da Conceição – Casa Amarela – Recife
  • Vicariato Recife Sul 1: Abrigo Cristo Redentor – Cavaleiro – Jaboatão dos Guararapes
  • Vicariato Recife Sul 2: Santuário Nossa Senhora dos Prazeres – Jaboatão dos Guararapes

Indulgências

Os fiéis também poderão alcançar as indulgências. A graça do perdão pode ser obtida também para os que faleceram. É preciso visitar e atravessar a porta santa da Igreja Catedral ou das demais igrejas escolhidas para o jubileu nos vicariatos. Além disso é necessário receber o Sacramento da Penitência (confissão), participar da missa, comungar, fazer a Profissão de Fé, refletir sobre a misericórdia e rezar pelo papa no dia da peregrinação.

Enfermos

Sobre aqueles que, por diversos motivos, estiverem impossibilitados de ir até à Porta Santa, sobretudo os doentes e as pessoas idosas e sós, que muitas vezes se encontram em condições de não poder sair de casa, o papa garantiu: É preciso “viver com fé e esperança jubilosa este momento de provação, recebendo a comunhão ou participando na santa Missa e na oração comunitária, inclusive por meio dos vários meios de comunicação – que será para eles o modo de obter a indulgência jubilar”, afirmou o pontífice.

Presos

O pensamento de Francisco dirige-se também aos encarcerados: “O Jubileu constituiu sempre a oportunidade de uma grande anistia, destinada a envolver muitas pessoas que, mesmo merecedoras de punição, todavia tomaram consciência da injustiça perpetrada e desejam sinceramente inserir-se de novo na sociedade, oferecendo o seu contributo honesto”, destacou o Pontífice.

O papa destacou ainda que os presos “poderão obter a indulgência, e todas as vezes que passarem pela porta da sua cela, dirigindo o pensamento e a oração ao Pai, que este gesto signifique para eles a passagem pela Porta Santa, porque a misericórdia de Deus, capaz de mudar os corações, consegue também transformar as grades em experiência de liberdade”.

Atividades

Para vivenciar de forma plena o período e diante das propostas apresentadas pelo papa Francisco, a Igreja Particular de Olinda e Recife sugere algumas atividades. Entre as ações recomendadas estão a divulgação da bula “Misericordiae Vultus” (“O rosto da Misericórdia”), peregrinações à catedral e igrejas escolhidas para o jubileu, catequese sobre a misericórdia e o sacramento da Penitência, celebrações penitenciais, mutirões de confissões, visitas aos enfermos e presos, coleta e doação de alimentos, incentivar a implantação das pastorais sociais nas paróquias.

Um calendário celebrativo foi elaborado. Durante o ano de 2016, os diversos segmentos serão contemplados com momento específico. Entre os dias 04 e 05 de março será realizada as “24 horas para o Senhor” em todas as paróquias da arquidiocese. A celebração penitencial é um pedido especial do Santo Padre. As ações serão realizadas nos lugares escolhidos como comemorativo para o jubileu e terão fim no dia 20 de novembro de 2016.

Share.

Leave A Reply